pessoas, fronteiras, objetos

pessoas, fronteiras, objetos

estar com as PESSOAS, caminhar e passar FRONTEIRAS, construir OBJETOS

Intervenção artística que envolve ‘estar’ com as PESSOAS, caminhar, passar FRONTEIRAS e construir OBJETOS. O trabalho decorre na Serra do Caldeirão, entre o Ameixial (aldeia, sede de freguesia, concelho de Loulé) e a Mealha (monte da freguesia de Cachopo, concelho de Tavira).

Trabalho de sol a sol… O trabalho teve início a 21 de dezembro de 2017, no solstício de inverno. Terá a duração de um ano, terminando igualmente no solstício de inverno. Tem uma primeira apresentação no Walking Fest Ameixial, sob a forma de caminhada, e mais duas apresentações em datas a anunciar.

Anúncios
Com as etiquetas